GOVERNO GOLPISTA NÃO!

segunda-feira, 6 de junho de 2016

ESTUPRO DA DEMOCRACIA

DELEGADO DECLARA NÃO TER CERTEZA SE HOUVE ESTUPRO

Apesar de divulgado em cadeia nacional e internacional, o estupro da democracia brasileira não pode ainda ser decretado. Segundo um delegado da OEA, a vítima poderia ter consentido, já que não há sangue e tal tipo de situação estaria previsto na carta constitucional. Apesar de ter ficado desacordada e em estado deplorável após a gravação do vídeo que mostra o que se assemelha bastante a um estupro, a autoridade diz que o caso requer uma análise mais técnica, já que poderia ter havido permissão da vítima, o que levaria à hipótese de sexo consensual. Em que pese o grande número de parceiros forçados sucessivos e os notórios protestos da vítima, que de fato parece coagida a aceitar a situação, ainda é cedo, no entanto, para afirmar com certeza que se trata de um estupro até que o passado da vítima seja totalmente investigado e todas as hipóteses em contrário tenham sido excluídas. A pouca idade da suposta vítima também não garante que tenha havido impropriedade ou violência, apesar das diversas marcas que os acusados deixaram espalhadas por seu corpo. Até lá, os suspeitos ficarão soltos.


Flávio B.Prieto da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário