sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Luiz Gonzaga - Pau-de-arara (1952)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATÉ QUANDO, JUDICIÁRIO, ABUSARÁS DA NOSSA PACIÊNCIA?

ATÉ QUANDO, JUDICIÁRIO, ABUSARÁS  DA NOSSA PACIÊNCIA?