quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O que é Corrupção?

O que seria a corrupção? Um fruto? Uma árvore? Um fenômeno climático? Uma catarse? Um desvio normal dos seres humanos? Uma doença social? Uma falha no caráter? Um privilégio da classe política? Justifico a pergunta pelo modo como o problema é, de tempos em tempos, divulgado e tratado. Nos longínquos idos de 61/64, também se falava muito em corrupção - um de seus principais arautos era o ex-governador Carlos Lacerda, que almejava ao posto de presidente da nação. Depois de infernizar a vida e o governo de Juscelino Kubitschek, conseguiu ajudar a depor Jango. Jânio Quadros, sucessor de JK, elegeu-se com uma vassourinha na mão, para 'limpar a bandalheira'. Deu no que deu: Jânio renunciou, Jango exilou-se após o golpe para evitar uma guerra interna e Lacerda não conseguiu se alçar à presidência: ao contrário, foi banido pelos militares. Os que se serviram da histeria coletiva para tomar o poder ficaram lá por vinte anos, multiplicando a dívida pública, além de ampliar as distorções econômicas e sociais ('temos que esperar o bolo crescer, para só depois dividi-lo').

Não seria corrupção deixar de pagar os impostos devidos - artifício muito usado por grandes empresas - mas conseguir proibir a divulgação do nome na lista de grandes devedores do INSS? Subornar fiscais da Receita, para aliviar nos autos de infração, não seria corrupção? Manipular informações com fins políticos, na qualidade de detentor de um canal importante de comunicação - não seria corrupção? Favorecer partidos, adulterar dados de pesquisas de opinião, não é corrupção? Vixe ... num sabia!!! E agora, convocamos todos para marchar: - Êita, jogo de cena! Com financiamento da FIESP e de Associações Comerciais e tudo ...

Se o povo ganha mal, a culpa não é dos empresários: é da corrupção! Se o INSS não arrecada o que deveria e o orçamento da previdência não fecha, a culpa não é dos sonegadores: é da corrupção! O 'impostômetro' está lá, mas o 'sonegômetro' e o 'mentirômetro' não. Mentir para a população, usando um veículo concedido de comunicação, não é corrupto? Adulterar notícias para favorecer  empresários e grupos políticos não é corrupção? Socorro!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ROMBO OU ROUBO?

- PODERÍAMOS SUBSTITUIR O TEMER POR UM JILÓ!